Está começando seu e-commerce e ainda não sabe como gerir seu estoque? Quer descobrir qual modelo é o mais ideal para o seu negócio? Então este post é para você.

Confira abaixo algumas opções de gestão de estoque que são apropriadas para o e-commerce. Uma delas pode ser a solução que faltava para uma melhor armazenagem e logística dos seus produtos.

 Estoque físico único:

O espaço físico único é o tipo de estoque onde você mesmo aloca os produtos do seu e-commerce. Ele normalmente é abastecido seguindo as demandas da loja.

  • Pontos Positivos: esse modelo não depende de fornecedor terceirizado. Além disso, possui produto para pronta entrega.
  • Negativos: a sobra ou estoque em excesso, certamente, pode gerar grandes perdas ao seu e-commerce.
  • Dica: é interessante automatizar a gestão do estoque. Fora que integrá-la à uma plataforma virtual garante a segurança e o controle.

 Físico Descentralizado:

O estoque descentralizado é uma ótima solução para o e-commerce que tem problemas de entrega por sazonalidade. Isso porque ele fica espalhado pelo país.

  • Vantagens: garante rapidez e facilidade na logística de entrega.
  • Desvantagens: acaba gerando mais gastos com espaço para armazenagem.
  • Dica: integre o controle de todos os pontos de estoque.
estoque para e-commerce

  Estoque Compartilhado:

Nesse modelo, o mesmo estoque utilizado a para loja física é utilizado também para o e-commerce. Dessa forma, funciona exatamente como um estoque físico.

  • Benefícios: unificação do espaço físico para estoque. Assim, ele traz mais simplicidade.
  • Pontos Negativos: sem dúvida, ele causa dificuldade de distinção de sistemas. Pois, a do espaço físico se confunde com a do virtual.
  • Dica: alinhar pedidos de compras do e-commerce com a loja a física em tempo real. Com certeza, isso ajudará a evitar complicações.

 Estoque Consignado:

No estoque consignado há um acordo entre o dono do e-commerce e o fornecedor. Desse modo, é possível que o lojista compre um número determinado de produtos. No caso do e-commerce não conseguir vender a mercadoria até a data acordada, o lojista pode devolver o que sobrou.

  • Pontos Positivos: de fato, com esta prática você elimina o estoque excedente. Desse modo, não compromete o capital.
  • Desvantagens: os e-commerce que operam com estoque consignado normalmente vendem produtos de menor giro no mercado. Portanto, normalmente o distribuidor cobra mais caro pela mercadoria.
  • Dica: mesmo com o estoque consignado, prever e controlar o mínimo de peças é importante. Dessa forma, você não compromete o espaço físico e evita gastos desnecessários.

 Estoque de Terceiro:

No modelo de estoque de terceiro, é o fornecedor quem define a quantidade de produtos do e-commerce. Consequentemente, essa prática é muito utilizada em lojas virtuais multimarcas.

  • Desvantagem: limitação de produtos para venda
  • Pontos Positivos: facilidade na gestão do estoque
  • Dica: você pode negociar com o fornecedor uma quantidade mínima de peças. Além disso, alinhar a encomenda de acordo com demanda de pedidos no e-commerce também é uma boa.
estoque para e-commerce

Terceirização do Estoque para E-commerce

A terceirização de estoque pode funcionar de formas diferentes. Confira qual é a melhor para o seu negócio:

 1- Drop Shipping ou Triangulação:

Nesse modelo, o estoque fica integrado com a distribuidora terceirizada. Assim, todo pedido de compra feito ao e-commerce, automaticamente cai no sistema do fornecedor. Portanto, o controle do estoque é passado para a empresa terceirizada.

Além disso, a empresa distribuidora também fica responsável pela entrega do produto ao cliente final.

 2- Cross Docking:

Funciona exatamente como o Drop Shipping, mas a empresa distribuidora faz a entrega do produto ao dono do e-commerce. Desse modo, o lojista fica responsável pela entrega da mercadoria ao cliente.

  • Pontos Positivos: sem dúvida, há uma redução nos custos como espaço e automação de estoque.
  • Negativos: o estoque fica centralizado no fornecedor e sofre aumento de controles fiscais.
  • Dicas: adquira uma plataforma de e-commerce que esteja integrada ao sistema de controle de estoque. Assim, você pode ter o controle do e-commerce alinhado com a gestão do estoque, administrando ambos por apenas um canal.

Conclusão

Definir qual o melhor modelo de estoque para o seu e-commerce depende do tipo de negócio que você tem. No entanto, de qualquer maneira, a escolha pede planejamento e análise. Assim, você não compromete a verba nem seu tempo em soluções que sejam ineficientes.

Ficou com alguma dúvida ou ainda precisa de ajuda com o seu estoque? Entre em contato com a Elemar! Nós possuímos as melhores soluções em logística e gerenciamento de estoques, e estamos aqui para ajudar o seu e-commerce.

Além disso, não deixe de seguir a Elemar nas redes sociais Facebook e Instagram. Nossos posts são informativos para que você fique por dentro de tudo que há de novo no ramo da armazenagem.